Páginas

domingo, julho 11, 2010

Deftones - Diamond Eyes

Tenho escutado muito uma banda que é desde cedo uma grande influência pra mim, musicalmente e em vivência também. Deftones. As letras e a energia da música deles já me enriqueceu muito em tempos alegres e triste. Sou um fã da banda por isso. Música pra mim tem que ter isso, energia e atitude. Várias passagens da minha vida foram regadas a músicas de diversos artistas e bandas, mas a maioria é de herança deftônica^^. Já até cantei música deles na minha banda, a HisteriaH. Change, o nome da música. Tocamos por ela ser melancólica e ao mesmo tempo nervosa. Ela me traz lembranças pelos arranjos e pela sonoridade sombria. Sombra sempre me lembra lugares passados ou presentes, afinal, nossa sombra sempre tá alí, em qualquer lugar. Outras me lembram amor, esperança, desespero, gratidão, letargia, revolução, violência, paz. Ouço e eles explodem no meu ouvido. Ouvindo um novo som deles, resolvi que postaria aqui. Não sei bem o que me traz essa música, mas é algo de bom.

Diamond eyes


To the edge
Till we all, get off

I will take, you away, with me

Once and for all

Time will see us realign
Diamonds reign across the sky
Shower me into the same
Realm

Calculate, all embrace, hold on
(Come with me now)
Right away, all expense, with me

Once and for all

Time will see us realign
Diamonds reign across the sky
shower me into the same
realm

Time will see us realign
Diamonds reign across the sky
I will lead us to the same
Realm

FAITH!

When the coffin shakes
And the needle breaks
Come
Run away with me, come on you’ll see

Once and for all

Time will see us realign
Diamonds reign across the sky
Shower me into the same
Realm

Time will lead us to the same
Realm
I will lead us to the same
Realm

Olhos de diamante

Para a borda
Até todos nós, saírmos

Vou levar,você para longe, comigo

De uma vez por todas

O tempo vai nos ver realinhar
Diamantes reinam pelo céu
Despeje-me no mesmo
Reino

Calcule, todos se abraçam, espere
(Venha comigo agora)
Imediatamente, toda a despesa, comigo

De uma vez por todas

O tempo vai nos ver realinhar
Diamantes reinam pelo céu
Despeje-me no mesmo
Reino

O tempo vai nos ver realinhar
Diamantes reinam pelo céu
Despeje-me no mesmo
Reino



FÉ!



Quando o caixão chacoalhar
E a agulha quebrar
Venha
Fuja comigo, vamos lá, você verá

De uma vez por todas

O tempo vai nos ver realinhar
Diamantes reinam pelo céu
Despeje-me no mesmo
Reino

O tempo vai nos levar para o mesmo
Reino
Vou levar-nos ao mesmo
Reino


P.S.: Edla, estou com saudades e te esperando.

2 comentários:

Camilla Aloyá disse...

não conheço, mas vou buscar ver algum vídeo ou escutar algum som...

camila chaves disse...

também não conheço a música, embora acho que já tenha ouvido ou lido o título dela em algum lugar. de todo modo, a forma como tu escreveste sobre ela me fez sentir a melodia que por enquanto ainda não conheço.

sobre sombras, interessante estas análises que tu fizeste, sobretudo porque agora fiquei pensando sobre isso de sombra significar também, paz. e daí pensei e pensei até chegar à conclusão de que essa sombra não necessariamente é a minha ou de alguém. mas de uma árvore, por exemplo.

sombras de pessoas são esquisitas. penso que sinto uma sensação de prisão quando as vejo. não sei explicar. talvez seja por isso que acho tão divertido quem consegue tirar da sombra alguma graça. um cisne, um cachorro, um macaquinho se coçando ou o que for. hehe.

um abraço, abi.