Páginas

domingo, julho 11, 2010

Deftones - Diamond Eyes

Tenho escutado muito uma banda que é desde cedo uma grande influência pra mim, musicalmente e em vivência também. Deftones. As letras e a energia da música deles já me enriqueceu muito em tempos alegres e triste. Sou um fã da banda por isso. Música pra mim tem que ter isso, energia e atitude. Várias passagens da minha vida foram regadas a músicas de diversos artistas e bandas, mas a maioria é de herança deftônica^^. Já até cantei música deles na minha banda, a HisteriaH. Change, o nome da música. Tocamos por ela ser melancólica e ao mesmo tempo nervosa. Ela me traz lembranças pelos arranjos e pela sonoridade sombria. Sombra sempre me lembra lugares passados ou presentes, afinal, nossa sombra sempre tá alí, em qualquer lugar. Outras me lembram amor, esperança, desespero, gratidão, letargia, revolução, violência, paz. Ouço e eles explodem no meu ouvido. Ouvindo um novo som deles, resolvi que postaria aqui. Não sei bem o que me traz essa música, mas é algo de bom.

Diamond eyes


To the edge
Till we all, get off

I will take, you away, with me

Once and for all

Time will see us realign
Diamonds reign across the sky
Shower me into the same
Realm

Calculate, all embrace, hold on
(Come with me now)
Right away, all expense, with me

Once and for all

Time will see us realign
Diamonds reign across the sky
shower me into the same
realm

Time will see us realign
Diamonds reign across the sky
I will lead us to the same
Realm

FAITH!

When the coffin shakes
And the needle breaks
Come
Run away with me, come on you’ll see

Once and for all

Time will see us realign
Diamonds reign across the sky
Shower me into the same
Realm

Time will lead us to the same
Realm
I will lead us to the same
Realm

Olhos de diamante

Para a borda
Até todos nós, saírmos

Vou levar,você para longe, comigo

De uma vez por todas

O tempo vai nos ver realinhar
Diamantes reinam pelo céu
Despeje-me no mesmo
Reino

Calcule, todos se abraçam, espere
(Venha comigo agora)
Imediatamente, toda a despesa, comigo

De uma vez por todas

O tempo vai nos ver realinhar
Diamantes reinam pelo céu
Despeje-me no mesmo
Reino

O tempo vai nos ver realinhar
Diamantes reinam pelo céu
Despeje-me no mesmo
Reino



FÉ!



Quando o caixão chacoalhar
E a agulha quebrar
Venha
Fuja comigo, vamos lá, você verá

De uma vez por todas

O tempo vai nos ver realinhar
Diamantes reinam pelo céu
Despeje-me no mesmo
Reino

O tempo vai nos levar para o mesmo
Reino
Vou levar-nos ao mesmo
Reino


P.S.: Edla, estou com saudades e te esperando.

terça-feira, julho 06, 2010

Subconsciente


.



Subconsciente
Sempre agita pensamentos possíveis
De forma inerente ao que se vive.



.

quinta-feira, julho 01, 2010

Indagações

E se não tivessemos sido nós? Quer dizer, se talvez por um instante os lábios não tivessem feito nada e nem o corpo? Se pensa isso profundamente quando percebemos o quanto a vida mudsou e continua em mudança. Lugares, rostos, rios, mares, areia, terra, farinha, peixe-pedra.

E foi, foi, foi indo e construindo um monte de ramos que brotaram e também outros que só pararam. Mas indaga a garganta: E se parasse tudo algum dia, o que aconteceria? Talvez viesse entendimento de uma nova fase. Os laços particulares provavelmente iriam se desfazer por conta dessa nova passagem. Logo os beijos se afastariam, o calor também, e restaria aquele aperto de mão de negócios. E talvez não acontecessenada disso, só uma sombra pairaria sobre o que foi um amor.

Mesmo com as hipóteses, sabemos que o que pode acontecer tem grande parcela no que fazemos e queremos. Hoje portanto, fico feliz em descartar a sombra e o afastamento, poiis sei o que quero e vou fazer. Receio que minha companheira também saiba, e por isso abro um sorriso maior ainda ao pensar no dia em que formos nos encontrar de novo.

O que foi ou não foi não vai depender do que vem a ser o amor.