Páginas

terça-feira, março 16, 2010

Ciúme

Ontem estava ouvindo umas músicas do Ultrage a Rigor e me dei conta de uma coisa. Mesmo eu sendo um cara calmo e de mente aberta, ME MORDO DE CIÚMES.

Não sei se isso é saudável, até porque a raiva sobe, o corpo esquenta e o pensamento racional se esvai de tal maneira que a gente só sente esse troço estranho e que depois nos dá motivo pra rir de nós mesmos: o ciúme.

É, eu sou humano mesmo.

4 comentários:

Anita disse...

Ciúme, ciúme, mas eu me mordo de ciuúúúmes..
muito legal essa música mesmo e engraçada =p

Beijos

Camilla para os menos íntimos... disse...

"humano, demasiado humano"

cara, ontem eu me mordi de ciúmes tb, e por isso larguei mão, quando não aguento eu corro e dessa vez não seria diferente, dei perna geral e não quero mais continuar com a relação que nem começou ainda, foi apenas uma transa... caras canalhas serão sempre caras canalhas e eu prefiro não (nem) começar a me envolver, saca???

Didi. disse...

amoooor meu...deixa de coisa que só tenho olhos e boca pra vc.

Luh disse...

eu sofro desse mau : ciumes...
é incrivel quando vc se dá conta..já sentiu, já falou, já demonstrou...já perdi muito com esse ciume, que sentimos por gostar tanto de uma pessoa, e por ter medo de perder...em alguns casos sem nenhuma razão pra senti-lo, vai entender não é mesmo ? abraço